Parabéns para mim e 1 ano de blog!



E mais um ano se passou... e com ele, muitas reflexões sobre a vida, momentos marcantes, pessoas chegaram, outras se foram e muitas permaneceram. Estou completando 22 anos e, se tratando de tempo, parece pouco, principalmente quando alguém mais velho me diz que ainda estou novo. Mas, para mim, minha vida vai além de números - inclusive não tenho problemas em ficar mais velho.

Quem nunca se pegou dando conselhos a alguém, como se fosse especialista, mesmo que, por um momento, tivesse a certeza de estar equivocado ou dizendo aqui simplesmente para satisfazer quem o ouvia? Conselhos a respeito de sentimentos, amizade, família, desejos e vontades. Para mim, como já disse, não são os números que importam. Se não, o quão maduro me torno e o conhecimento que adquiro com o passar do tempo. É preciso além de fazer, saber como é feito. Não é apenas dizer por dizer, é preciso ter sabedoria e discernimento. É preciso conhecer a si mesmo e as pessoas que se encontram ao seu redor. É por isso que posso dizer que a cada dia mais, tenho certeza de quem sou e o que quero pra mim.

Já passei por um bocado até aqui, algumas pessoas nem imaginam o quanto. Não é fácil levantar todos os dias, erguer a cabeça e sair na rua. Como é difícil colocar um sorriso no rosto, quando na verdade, a vontade era ficar confinado em casa chorando. O tempo vai passando e, cada vez mais, somos cobrados para sermos alguém na vida. É preciso sempre ter força para enfrentar a jornada. Mas aprendi que não se pode ter força sempre, ninguém é forte o tempo inteiro. Somos humanos, fracos, frágeis e vulneráveis. É preciso deixar nossa vulnerabilidade exposta por um momento. É preciso ser humilde e aprender com o que a vida tem para ensinar.

Sou extremamente grato por todas pessoas que passaram em minha vida. Mas, em especial, aquelas que estão sempre comigo. Pessoas especiais, que sempre me apoiam (e puxam minha orelha), que sonham comigo e que se lembram de mim. A vida se torna mais agradável quando lembro que estas pessoas existem. Mesmo com as pessoas que foram incompletas para mim, todos os momentos com elas foram completos. A vida é feita de momentos, felizes ou não, o importante é fazer sentido.

Ah, antes que eu me esqueça, hoje é aniversário de um ano do blog. Quero agradecer a cada pessoa que sempre acompanha e tira um tempo para vir aqui e ler o que escrevi. Não é fácil mantê-lo atualizado com tantas outras tarefas. É muito gratificante saber que, algo que era apenas um hobbie, tem se tornado uma troca de experiências que jamais poderia imaginar.

Talvez ainda seja cedo pra dizer quem realmente sou, a vida é uma jornada e uma caixa de surpresas. Mas tenho certeza que sou muito feliz pela vida que tenho e cada experiência que vivencio. Um dia ainda saberei qual o real sentido dessa-vida-louca-nossa-de-cada-dia. Por enquanto minhas prioridades são outras. É preciso encarar os medos, cometer riscos e encarar o mundo. A única coisa que sei, é que não quero passar despercebido nessa terra.

Então, feliz aniversário para mim! ♥

All my love, Devonne.


MATERIAL DE AQUARELA PARA INICIANTES


Após quase um ano pesquisando e praticando, resolvi compartilhar aqui no blog dicas dos primeiros materiais para quem quer aprender aquarela. Irei mostrar os materiais básicos e com preços acessíveis para que você possa começar a técnica de pintura com aquarela.

Existem os mais diversos tipos de materiais para a prática de aquarela. No que diz respeito a preço, qualidade, marca e funcionalidade, é possível encontrar uma grande variedade. Para quem está começando, não recomendo que se compre materiais caros demais. Alguns preços podem lhe fazer desistir antes mesmo de começar. Além dos materiais listados abaixo, sempre tenha um recipiente com água e um pano para limpar os pincéis.


1) Papel

Para iniciantes indico o papel para aquarela da Canson, Linha Universitária. Ele tem um ótimo custo/benefício e é indicado para a aquarela, pois tem gramatura de 300g, enrugando menos se comparado aos de baixa gramatura. 

2) Tinta

Se tratando de qualidade e custo acessível, o estojo de bisnagas da Pentel é o melhor que se pode encontrar. O que comprei contém 12 cores (que me custou em torno dos 30 reais), tendo a opção de 24 cores. É possível encontrá-lo em muitas papelarias online.



3) Pincéis

Os pincéis foram para mim, o que mais que deu dor de cabeça na hora de escolher. Como estava iniciando, não sabia ao certo qual seria mais necessário.  O importante é que eles sejam macios, pois  deixarão menos rastros de cerdas e sustentarão mais facilmente a água. Recomendo as marcas Tigre e Condor (ambos da linha Pictore), que são feitos de cerdas sintéticas e tem preços acessíveis. Quanto ao formato, é sempre bom ter um redondo (3 primeiros da foto abaixo) e um triangular  chanfrado (amarelo) - o último é o formato língua de gato. E, se tratando de numeração, um maior (para áreas grandes) e um mais fino (para detalhes).


4) Godê

Por fim, e não menos importantes, os godês. Para se misturar a tinta com a água e fazer aquela bagunça básica, é importante que você tenha um recipiente apropriado para isto. Os godês contém vários buraquinhos, afim de que você possa fazer várias cores e deixá-las prontas para serem usadas. Alternativas são recipientes que não absorvam a tinta, como porcelana, resina ou plastico.

Extra: materiais alternativos

Alguns materiais alternativos para a prática de aquarela podem ser bem úteis. Eu possuo um sketchbook com papel para aquarela, lápis aquarelável e o estojo de pastilhas da faber-castell. São práticos e fáceis de carregar pra qualquer lugar.



Bom, estas foram as minhas dicas de materiais de aquarela para iniciantes. Espero que agora você crie coragem e dê asas a imaginação! Caso tenha alguma dúvida, deixe nos comentários que responderei. ;)