De volta a Dezembro


Finalmente dezembro ou dezembro novamente.

O último mês de outro ano cheio de sonhos, bagagens e resquícios dos meses que se passaram. São os últimos trinta e um dias do ano e as horas parecem passar cada vez mais ligeiras. É preciso correr contra o tempo, para que mais um ano chegue ao fim com sucesso. Tudo que resta é colocado em liquidação, até mesmo, aquilo que não se tem. Pessoas vão deixando pelo caminho metas não cumpridas e virando a esquina, começam a escrever listas de objetivos para o ano que se aproxima.

Ainda sim, dezembro é o mês em que se busca o melhor presente, a melhor roupa e a melhor comida para ceia da noite natalina. Existe em cada ser, a esperança de que dias melhores virão. A angústia é deixada de lado e os corações se unem, em espírito de harmonia e fraternidade. E assim como as luzes coloridas que brilham pela cidade, é possível ver em cada um, a luz da alegria.


Dezembro é um mês corrido, colorido, um mês que já começa no fim. E mais uma vez, todos fazem as mesmas coisas em mais um dezembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário